CHAINPUR

Rochoso

TIPO:

CLASSE:

CLAN:

GRUPO:

SUB-GRUPO:

TIPO PET.:

EST. CHOQUE:

INTERPERISMO:

PAÍS:

ANO:

DESCRIÇÃO:

CONDRITO

ORDINÁRIO

H-L-LL

LL

3.4

S1

ÍNDIA

1907

Condrito Ordinário Não – Equilibrado LL 3.4, Estágio de Choque S1

PETROGRAFIA:

Uma seção delgada mostra numerosos côndrulos, variando em tamanho e estrutura interna, em uma matriz preta opaca. Alguns dos côndrulos são constituídos por numerosos cristais de olivina idiomórficos em uma mesostasis turva. Outros consistem em um agregado de cristais de piroxênio com baixa birrefringência, geminação polissintética e extinção oblíqua, evidentemente clinopiroxênio com baixo teor de cálcio. Alguns côndrulos de piroxênio possuem agregados típicos irradiando excentricamente de chapas finas. Alguns côndrulos são extremamente refinados. Alguns consistem em olivina e piroxênio dentro de um único côndrulo. Os principais minerais no meteorito são olivina e piroxênio (clinopiroxênio em grande parte ou totalmente com pouco cálcio). Os constituintes menores são FeNi e troilita. Outros minerais presentes, em pequena quantidade, incluem plagioclásio, cromita e apatita ou merrillita (ou ambos). Fonte: Keil et al. (1964).

GEOQUÍMICA:

Olivina com composição variando de Fa0 a Fa40 (0 a 40% molar de Fe2SiO4), com uma composição média em torno do Fa25. A fase do piroxênio é monoclínica e o piroxênio ortorrômbico, se presente, existe em pequena quantidade. O baixo teor de cálcio do piroxênio, mostrado pelas análises por microssonda de feixe de elétrons, mostra que o mineral é mais bem descrito como clinoenstatita para clino-hiperstênio, dependendo do conteúdo de ferro. Sua composição também varia de grão para grão, e dentro de grãos individuais, mas não na mesma extensão que a da olivina. Características possivelmente significativas são as quantidades de C (0,36%) e H20 + (1,00%), o que sugere que a matriz escura é permeada por material orgânico semelhante ao dos condritos carbonáceos. Fonte: Keil et al. (1964). Cr2O3 = 0.06 ± 0.04 em Fe-olivina de grão grosso fora da matriz. Fonte: Grossman & Brearley (2005).

CLASSIFICAÇÃO:

Condrito Ordinário Não – Equilibrado LL 3.4, Estágio de Choque S1. Para mais informações, o artigo de keil et al. (1964) está disponível no link http://digitallibrary.amnh.org/bitstream/handle/2246/3345//v2/dspace/ingest/pdfSource/nov/N2173.pdf?sequence=1&isAllowed=y

CLASSIFICADORES:

Não informado pelo Meteorical Bulletin database. Um estudo amplo sobre o meteorito foi desenvolvido por Keil et al. (1964).

HISTÓRIA:

Este notável meteorito caiu em 9 de maio de 1907 às 13h30, como uma chuva de pedras perto da aldeia de Chainpur, na planície de Ganges - Índia. Fonte: Keil et al. (1964).

Todas as informações que não possuírem fonte especifica, foram extraídas do Meteoritical Bulletin Database.

Todas as imagens possuem direitos autorais.

ENTRE EM CONTATO

whatsapp

+55 (21) 98899-7596

© 2019 Aimeteorites.